Portal do Itacorubi: Área verde, bem-estar e sustentabilidade são tendências pós-pandemia

O Portal do Itacorubi é um dos empreendimentos mais alinhados às novas tendências do mercado de construção civil. Sabe por quê? Nele, nós encontramos tudo o que precisamos para ter uma vida mais equilibrada em meio ao caos urbano. 

Ainda, com a chegada da pandemia do novo coronavírus e a necessidade do isolamento social, as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa. Essa mudança, aos poucos, modifica a nossa concepção de lar e nos faz olhar para o que realmente importa. 

O que antes era o local para onde íamos descansar após o trabalho, hoje se tornou cenário para a maioria das atividades: trabalhar, descansar e, claro, se divertir. As novas tendências imobiliárias precisam atender às demandas por sustentabilidade, oferecer áreas verdes e proporcionar lazer, conforto e segurança em um só lugar. Condomínios fechados com bosques, imóveis com cômodos amplos e áreas comuns saem na frente da preferência.

Saiba quais os impactos das áreas verdes para o nosso bem-estar físico e mental, como a sustentabilidade nos novos empreendimentos impactam a sociedade e quais são as tendências pós-pandemia. Continue a leitura!

Como as áreas verdes contribuem para o bem-estar físico e mental

Como as áreas verdes contribuem para o bem-estar físico e mental

Viver nas grandes cidades tem seus benefícios, mas também pode ser bastante estressante. Tudo vai depender do perfil do morador e das suas necessidades naquele momento. 

Nas últimas décadas, a urbanização intensa deixou as cidades ainda mais cinzas e, por isso, moradores das metrópoles sentem cada vez mais a necessidade de se aproximar da natureza, buscando uma melhor qualidade de vida.

O comportamento do consumidor mudou e, além da urgência em viver bem, a obrigação de passar mais tempo em casa fez com que o mercado tivesse que se adaptar.

Além disso, existem estudos que mostram alguns dos benefícios de morar próximo à natureza e com uma melhor qualidade de vida. Segundo um levantamento da Escola de Saúde Pública de Harvard, nos Estados Unidos, morar perto de bosques, parques e jardins está associado a uma maior longevidade, um menor risco de enfrentar doenças renais e respiratórias e padecer com depressão. 

Vale também destacar os benefícios físicos ao ambiente. Além de reduzir os efeitos da poluição do ar e da poluição sonora, espaços com áreas verdes equilibram a temperatura, deixando o clima mais ameno e agradável inclusive dentro das casas.

Outra vantagem é que empreendimentos que possibilitam o contato com a natureza 

fazem com que as pessoas vivam mais felizes, uma vez que associam seus lares a áreas de liberdade e lazer. Quem nunca quis um espaço próximo de casa para um piquenique, um passeio de bicicleta ou simples momentos de contemplação? 

Uma outra pesquisa desenvolvida pela Universidade de São Paulo (USP), demonstra que pessoas que vivem próximo a áreas verdes têm um risco muito menor de desenvolver hipertensão. Os números do estudo mostram que, a cada 10 mil árvores plantadas, a probabilidade de desenvolver pressão alta cai cerca de 7%.

Outro índice que diminui significativamente é o estresse, uma vez que a paz e a tranquilidade estão presentes na vida dos moradores dessas regiões. Por isso, o Portal do Itacorubi pode ser o que precisava para desacelerar e viver de forma mais feliz e proveitosa.

Sustentabilidade e áreas de preservação nas novas residências em Florianópolis

Sustentabilidade e áreas de preservação nas novas residências em Florianópolis

A contribuição de árvores e de áreas verdes para a proteção da saúde nas cidades se deve a dois principais fatores: o equilíbrio do microclima e a purificação do ar.

A estabilidade do microclima reduz o calor excessivo, a insolação direta, a velocidade dos ventos e aumenta a umidade do ar. A diferença de temperatura entre regiões arborizadas e áridas em uma mesma cidade, por exemplo, pode chegar a mais de 4ºC.

Estudiosos do mundo inteiro relacionam a poluição do ar à redução da expectativa de vida e maior risco de infarto, pneumonia, bronquite crônica, asma e câncer do pulmão, entre outras doenças. O ar poluído já é a primeira causa ambiental de mortes no mundo, ultrapassando a água contaminada e doenças infecciosas.

Um dos benefícios mais importantes da presença de áreas verdes para a sustentabilidade é que as árvores produzem oxigênio por meio da fotossíntese, reduzindo os gases do efeito estufa e captando parte das partículas de poluição suspensas no ar. 

A cobertura vegetal pode absorver e filtrar grande parte dos elementos tóxicos, como o enxofre e o manganês, que ficam retidos nos troncos das árvores. 

Portanto, quanto mais densa a área verde, maior a proteção à nossa saúde e ao nosso planeta.

Green Building

Outra tendência das casas e apartamentos em Florianópolis é o alinhamento à sustentabilidade. Também chamados de imóveis verdes, ou green buildings, em inglês, eles são empreendimentos comprometidos com o futuro do planeta.

Fatores como economia de energia, diminuição do desperdício da água, reutilização da água da chuva, descarte correto de lixo, entre outras iniciativas fazem parte de empreendimentos que buscam equilibrar o conforto com qualidade de vida e sustentabilidade. 

As demandas do mercado imobiliário estão mudando: veja algumas tendências pós-pandemia

Não há como negar: o mundo mudou com a chegada do novo coronavírus e, com isso, o mercado também. Além disso, as taxas baixas de juros e a procura crescente pelo financiamento fazem o mercado imobiliário brasileiro continuar em ascensão mesmo durante a pandemia.

Veja abaixo as principais tendências pós-pandemia para o setor imobiliário e de construção civil.

Valorização da luz natural

Além de deixar os ambientes mais confortáveis, ela é favorável à saúde e ajuda a economizar energia. Então, imóveis com varanda e boa entrada de luz serão ainda mais valorizados. 

Hoje, esse fator é ainda mais importante: ambientes claros e arejados evitam a disseminação de doenças, dificultam o aparecimento de mofo e contribuem com a imunidade. 

Ar livre e espaços aconchegantes

A casa tem abraçado a gente. Materiais que são mais confortáveis ganham destaque na decoração: algodão, linho, mantas, etc. Tecidos com diferentes texturas nos remetem ao aconchego e a casa se parece mais com um lar.

O tempo ao ar livre também ficou mais restrito e, por isso, mais valorizado. Como mencionamos no item anterior, imóveis com varanda se tornam ainda mais requisitados. Vale acrescentar também que ambientes mais amplos e condomínios com diversas opções internas de lazer passaram a ser preferência de muitas famílias.

A privacidade é essencial, mesmo dentro de casa

Outro fator importante para a qualidade de vida e que ganhou nova atenção com a pandemia é a privacidade dentro de casa, principalmente para famílias, casais e pessoas com filhos. 

O tempo que se passava sozinho na rua, muitas vezes, era suficiente. Contudo, os espaços internos, em geral, tiveram que ser compartilhados entre várias pessoas e a necessidade de privacidade e cultivar a individualidade se torna cada vez mais latente.

Por esse motivo, cômodos extras e espaços amplos são demandas recorrentes.

O Portal do Itacorubi é completo como um clube e oferece bem-estar para todos

O Portal do Itacorubi é completo como um clube e oferece bem-estar para todos

O Portal do Itacorubi é a opção ideal para quem busca morar em um ambiente com ampla área verde, sem abrir mão de um grande centro urbano como Florianópolis. 

Com estrutura de clube, o empreendimento conta com mais de 20 mil metros quadrados de área verde, apartamentos amplos e espaços de lazer diversos: área kids, piscina, baby room, sacada com churrasqueira, terraços, quadras de esportes, saunas, estúdio de dança e pet place são só alguns deles.

A sustentabilidade também está presente no Portal do Itacorubi. O empreendimento realiza reaproveitamento da água da chuva, pontos de recarga de carros elétricos e coleta seletiva de lixo. 

Que tal saber mais e dar o primeiro passo para mudar sua vida? Fale com um de nossos corretores.

Leia também: Como escolher o apartamento ideal para morar com a família?